Home » Colaboradores » ARTIGO – Como melhorar a qualidade de vida na menopausa

ARTIGO – Como melhorar a qualidade de vida na menopausa

A menopausa faz parte do processo natural do envelhecimento feminino e seu aparecimento varia entre 45 a 55 anos de idade.

A menopausa marca o início das mudanças hormonais como o declínio dos níveis de hormônios. Um dos sinais é a ausência do período menstrual. Os ovários cessam a produção dos hormônios estrogênio e progesterona; e, também, param de liberar óvulos, ou seja, não sendo mais possível engravidar.

Para a mulher atingir a “menopausa” ela precisa ficar pelo menos um ano seguido sem menstruar.

Além disso, ocorrem alterações nas paredes vaginais, que se tornam mais finas, menos elásticas e sensíveis, facilitando irritações. Com isso, a relação sexual pode se tornar dolorosa, devido a diminuição da lubrificação. A libido costuma diminuir na menopausa.

Outra característica da menopausa são os chamados “fogachos”, as famosas ondas de calor, que é um sintoma comum da grande maioria das mulheres nesta fase.

Devido à queda dos hormônios sexuais a mulher na menopausa esta propensa a várias alterações no seu organismo, como aumento do risco de osteoporose, infecções urinárias e aumento do risco cardiovascular.

Para melhorar a condição física e emocional na menopausa é indicado a prática de exercícios físicos regulares, alimentação saudável e realizar atividades sociais. Manter-se ativa em todos os sentidos é de grande valia.

Recomendações para ter qualidade de vida na menopausa:

1) Evite ambientes muito quentes, sem ventilação. Diminua o estresse, o consumo de bebidas com cafeína e o álcool. Esses fatores podem potencializar os fogachos.

2) Deixe o quarto arejado para melhorar a qualidade do sono, procure realizar atividades relaxantes antes de dormir (como meditação, leitura). Evite uso de celulares que podem ativar ainda mais o cérebro e dificultar o sono.

3) Os lubrificantes vaginais que diminuem o ressecamento, devem ser utilizados pelas mulheres que desejam manter a vida sexual ativa.

4) Faça refeições leves, ricas em verduras, legumes e frutas.

5) Beber água para manter-se hidratada é também fundamental.

Os sinais da menopausa, geralmente desaparecem com o tempo, mas existem casos em que os sintomas persistem. Procure o acompanhamento médico para que seja estabelecida a melhor conduta terapêutica para cada caso. Sobretudo se os sintomas começarem a impactar nas atividades diárias.

Dra. Jaqueline Souza Lacerda é geriatra e fundadora do Projeto Cuidar – Geriatria Goiânia (https://geriatriagoiania.com.br).

Informações apenas para conhecimento do veículo – não divulgar.

  • CRM-GO: 18043 RQE: 12041
  • Graduação em Biologia pela Universidade Estadual de Goiás;
  • Graduação em Medicina pela Universidade Federal de Goiás;
  • Residência Médica em Clínica Médica pela Santa Casa de Misericórdia de Goiânia;
  • Residência Médica em Geriatria pelo Hospital de Urgências de Goiânia ( HUGO);
  • Pós – graduação em Acupuntura pelo Colégio Brasileiro de Acupuntura;
  • Professora nos cursos de Medicina da Faculdade Alfredo Nasser e Universidade de Rio Verde.

Contatos e Referências:

Contato: (62) 98111-6364 (whatsapp)

Site: https://geriatriagoiania.com.br/

Facebook: https://www.facebook.com/geriatriagoiania

Instagram: https://www.instagram.com/geriatriagoiania/

E-mails: geriatriagoiania@gmail.comcontato@geriatriagoiania.com.br

Youtube: https://youtu.be/0DiYeRI1_OA

Youtube: https://youtu.be/yEoGZBcR66k

 

ARTIGO – Como melhorar a qualidade de vida na menopausa Reviewed by on . A menopausa faz parte do processo natural do envelhecimento feminino e seu aparecimento varia entre 45 a 55 anos de idade. A menopausa marca o início das mudanç A menopausa faz parte do processo natural do envelhecimento feminino e seu aparecimento varia entre 45 a 55 anos de idade. A menopausa marca o início das mudanç Rating: 0

Leave a Comment

scroll to top