27 de novembro de 2020

Home » Polícia » Operação policial apreende mais de 300 kg de carne e 10 pessoas suspeitas de praticarem caça ilegal

Operação policial apreende mais de 300 kg de carne e 10 pessoas suspeitas de praticarem caça ilegal

Foto: PC/Divulgação

Fiscais do Núcleo de Gestão Integrada (NGI) do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), em parceria com policiais civis da Delegacia Regional da Polícia Judiciária Civil do município de Ji-Paraná/RO deflagram no período de (03 a 09) a Operação “Predadores no Vale do Guaporé”, visando a fiscalização de predadores nas unidades de conservação que compõe o NGI Cautário-Guaporé: a Reserva Extrativista do Rio Cautário (RESEX do Rio Cautário) e a Reserva Biológica do Guaporé (REBio do Guaporé), localizadas na região conhecida como Vale do Guaporé.

Segundo informações, criminosos aproveitaram o período de quarentena, em que os órgãos fiscalizadores estão com as atividades reduzidas, para adentrar nos limites das duas reservas e praticarem crimes ambientais como caça, pesca e extração ilegal de madeira, revendendo a carne dos animais no município de São Francisco do Guaporé-RO.

Após investigações, policiais civis e fiscais adentraram no interior da Reserva Biológica, percorrendo um longo e difícil caminho durante dias, quando se depararam com o acampamento dos caçadores. Na abordagem, dois correram para dentro do mato, carregando armas longas, mas foram perserguidos e capturados; Quatro suspeitos não ofereceram resistência à prisão. Em outro, lugar da reserva foram preso mais 4 elementos praticando crimes ambientais; Ao todo 10 suspeitos foram presos em fragrante delito pela pratica do crime de caça ilegal, previsto na Lei 5197/67.

Com os infratores, policiais encontraram 330 kg de carne de caça(de búfalo, veado mateiro, cateto e jacaré), oito (08) armas sendo: 06 armas de caça e 02 armas curtas, 250 munições para caça, três embarcações de alumínio, três motores de popa, petrechos de pesca e 10kg de pescado .

Os 10 infratores foram presos e conduzidos à Delegacia de Polícia Civíl em Costa Marques-RO onde receberam multas pelas infrações e crimes ambientais flagrados no interior da unidade de conservação que totalizaram R$ 375.000,00.

As atividades fiscalizatórias na REBio do Guaporé e RESEX do Rio Cautário continuarão ocorrendo de forma ostensiva. A Polícia Judiciária Civil agradece a população pelas denuncias feitas via 197, crendo que juntos combateremos crimes e infrações ambientais nas Unidades de Conservação Federais da região.

Operação policial apreende mais de 300 kg de carne e 10 pessoas suspeitas de praticarem caça ilegal Reviewed by on . [caption id="attachment_314321" align="aligncenter" width="640"] Foto: PC/Divulgação[/caption] Fiscais do Núcleo de Gestão Integrada (NGI) do Instituto Chico Me [caption id="attachment_314321" align="aligncenter" width="640"] Foto: PC/Divulgação[/caption] Fiscais do Núcleo de Gestão Integrada (NGI) do Instituto Chico Me Rating:
scroll to top