24 de janeiro de 2021

Home » Geral » Nota de Pesar

Nota de Pesar

A Apac de Vilhena através da sua presidente executiva Weslaine C.de Amorim, deixa seus sinceros sentimentos de carinho a Família Ottoboni. Recordemos ao nosso líder Dr Mario Ottoboni, e que um dia iremos se encontrar na Glória celestial e com muito carinho temos um pouco de conforto em tudo aquilo que ele deixou para nós, nada fará o nossos corações com sentimentos profundos de pesar nesse momento, de intensa tristeza que Dr Mario Ottoboni descanse em paz, que Deus conforte os Familiares, que as minhas mais sinceras condolências pela partida do Dr Mario Ottoboni para a eternidade, e o meu amor e os meus pensamentos com profundos sentimentos estão com toda sua família neste momento de dor.
Weslaine C.de Amorim
Presidente Executiva da Apac Vilhena RO.

Mario Ottoboni, faleceu nesta segunda-feira (14) de janeiro em São José do Campos, interior de são Paulo. Ottoboni tinha 87 anos, e estava internado em estado grave com infecção pulmonar e problemas cardíacos. Ottoboni foi fundador da Associação de proteção e assistência ao condenado APAC em 1972, na cidade de São José dos Campos – SP.
O sistema Apac, permiti que os próprios detentos se tornem responsáveis pelas unidades tendo a chave de suas próprias celas em mãos. Nesse sistema, não há agentes armados nas unidades os próprios detentos dividem as tarefas de segurança, limpeza, produção de alimentos e preparo das refeições.
Cerca de 18 países, como Alemanha, Estados Unidos e Inglaterra adoram esse sistema prisional, e no Brasil cerca de 100 unidades foram abertas seguindo essa filosofia.
Atualmente na região Norte do país existem duas Apacs devidamente registradas. As duas são situadas no estado de Rondônia, e localizadas no Município de Ji-Paraná e Vilhena.
Weslaine Amorim preside executiva da Apac em Vilhena ressalta que:
“O método adotado pelas Apacs busca efetivar a ressocialização dos presos e a humanização dos presídios Brasileiros”.
Em Vilhena o método vem sendo implantado desde 2015 com grades avanços nos trabalhos, uma equipe de pessoas voluntárias realizam visitas ao presidio todos os sábados trabalhando com os detentos a didática do método Apac e momentos de reflexão e palestras todos estes serviços são acompanhado pelo Juiz corregedor da vara de execução penal Concluiu.

Mario Ottoboni deixou uma carta ao coordenador Geral das Apacs no país e presidente da Fbac Fraternidade brasileira se assistência aos condenados Sro Valdeci de Itaúna MG
Mensagem do Dr Mario Ottoboni ao Valdeci:
“Lutei até onde foi possível e agora sinto necessidade de parar para descansar. A idade foi barrando meu entusiasmo e Deus pediu-me prudência. Agradeço a Deus tanta confiança e a você e aos companheiros que irão continuar socorrendo os pecadores arrependidos e acolhidos pelo Pai Eterno. Deus nos concedeu a vida para sermos vencedores. Fui, você sabe, muito perseguido e humilhado, mas venci os momentos difíceis porque Deus não me abandonou. Agora preciso descansar. Não deixarei de estar espiritualmente em orações com os apaqueanos, e onde estiver, estarei solidário com os irmãos de fé.
Tudo na vida passa, menos o amor que supera o tempo na eternidade.
Abraços
Mário Ottoboni”
Mario Ottoboni era advogado jornalista e escritor escreveu 13 livros durante sua vida e deixou seu legado na humanização do presídios brasileiros.

 

Assessoria

Nota de Pesar Reviewed by on . A Apac de Vilhena através da sua presidente executiva Weslaine C.de Amorim, deixa seus sinceros sentimentos de carinho a Família Ottoboni. Recordemos ao nosso l A Apac de Vilhena através da sua presidente executiva Weslaine C.de Amorim, deixa seus sinceros sentimentos de carinho a Família Ottoboni. Recordemos ao nosso l Rating:
scroll to top