28 de janeiro de 2021

Home » Direitos do Consumidor » Redução na conta de energia elétrica vai precisar de exame de DNA para determinar o pai

Redução na conta de energia elétrica vai precisar de exame de DNA para determinar o pai

dezembro 19, 2020 2:30 pm by: Category: Direitos do Consumidor, Manchetes, Política Leave a comment A+ / A-

 

Poucos dias após a Energisa e a Aneel anunciarem mais um reajuste na, já sacrificante, tarifa de energia elétrica paga pelos consumidores rondonienses, surge na Câmara Federal  do deputado Léo Moraes (PODEMOS), afirmando que haverá uma redução de quase 10% nas contas de luz a partir do dia 13 de dezembro de 2020. Realmente houve uma redução aprovada de em média de 11,29%. Notícia  ótima para a população que vem tento seu couro esfolado pelos preços exorbitantes aprovados pela prestadora do serviço de energia elétrica em Rondônia (ENERGISA). Contudo, há uma disputa vaidosa se formando pela paternidade do benefício.

 

De um lado o deputado federal Léo Moraes (PODEMOS) vinha divulgando incansavelmente a sua luta pela redução dos valores cobrados pela Energisa. Em contrapartida, o senador Acir Gurgacz (PDT), assim que soube na notícia pôs a sua assessoria para trabalhar na divulgação de que ele (Gurgacz) disse que o anúncio feito na terça-feira, (08), pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) é uma cobrança que ele já vem fazendo desde a privatização da Ceron, em agosto de 2018, quando houve um aumento de 27% na conta de energia em Rondônia.

 

O senador alegou ter participado ativamente no Congresso Nacional do debate em torno das alterações na MP 998 de 2020 e dos empréstimos da conta Covid, que possibilitaram a redução da tarifa de energia em Rondônia. como se fosse uma queda de braços entre o parlamentar e a Energisa, empresa que venceu a licitação mesmo com um débito bilionário com o Estado e que nunca falou sobre o pagamento do mesmo. Pior que nessa briga de poderes, como sempre, vai sobrar para o elo mais fraco da corrente, ou seja, o consumidor final. Aquele que não pode acender nem mais um bico de luz em casa sem pagar contas acima de R$ 1 mil.

 

No mesmo tom Léo Moraes afirma categoricamente que essa diminuição na conta é mérito seu empenho como relator da MP que altera regras do setor elétrico, transfere recursos da Conta de Desenvolvimento Energético, visando como ponto principal à redução da tarifa.

“Vale destacar que quando abriram as audiências existia a previsão para o aumento da tarifa elétrica e nós enxergamos que existia a CDE que tinha parado mais de R$ 4 bilhões, dinheiro que pode ser direcionado para ações que reduzam a tarifa”, afirmou Léo Moraes.

Moraes argumenta ainda que por Rondônia produzir aproximadamente 8% da energia elétrica consumida no Brasil, é um contra censo pagar uma das mais altas tarifas entre os estados da federação. Motivo pelo qual o deputado Léo Moraes alega ter se tornado a principal voz contra a Energisa no Congresso Nacional.

Do outro lado, Acir Gurgacz diz que vai continuar cobrando serviços de qualidade da Energisa, com respeito aos consumidores e o fornecimento regular de energia em Rondônia. “Também vou continuar na luta pelo fim das bandeiras tarifárias em Rondônia, assim como pela aprovação da PEC do ICMS da Energia, de minha autoria, que exige o repasse deste imposto também aos Estados produtores e não somente aos Estados consumidores, como ocorre atualmente”, frisou Gurgacz.

Após Léo Moraes assumir a relatoria da MP 998, alega que se tornou um ferrenho defensor do direito do cidadão a receber uma energia de qualidade a preço justo começa a gerar resultados. Segundo foi divulgado pela assessoria do parlamentar, a previsão é de que num período de cinco anos haja uma redução de mais de 30% na tarifa de luz dos rondonienses por conta das medidas apontadas por “ele” Léo Moraes.

Muito em breve deverá ser requerido judicialmente um exame de DNA para identificar quem verdadeiramente é o pai dessa criança.

 

 

 

Fonte: Informa Rondonia
Fotos: Divulgação

Redução na conta de energia elétrica vai precisar de exame de DNA para determinar o pai Reviewed by on .   Poucos dias após a Energisa e a Aneel anunciarem mais um reajuste na, já sacrificante, tarifa de energia elétrica paga pelos consumidores rondonienses, s   Poucos dias após a Energisa e a Aneel anunciarem mais um reajuste na, já sacrificante, tarifa de energia elétrica paga pelos consumidores rondonienses, s Rating: 0

Leave a Comment

scroll to top